Primeiro vamos fazer uma pesquisa sobre nossas imagens usando: docker images -a

Podemos notar que aparecem diversas imagens com a TAG <none> e podendo ocupar espaços consideráveis. Porém alguma dessas imagens sem TAG são imagens usadas por outras imagens e removê-las pode nos fazer perder um certo tempo, mesmo assim é possível removê-las também, mas veremos mais adiante.

Para pesquisarmos somente as imagens que não estão sendo usadas, usamos o comando: docker images -a –filter “dangling=true” -q –no-trunc

Essas imagens podemos ser removidas sem medo, então usaremos o comando abaixo:
Para remover todas as imagens antigas e não usadas podemos usar o comando abaixo, porém muito cuidado ao usá-lo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *