Iniciando com MongoDB

Após termos realizado a instalação do MongoDB nesse post, hoje vamos iniciar com os primeiros passos com nosso banco de dados.

Utilizando o Mongo Shell

Quando estamos utilizando o mongo em localhost (127.0.0.1) não é necessário usuário e senha para realizar a conexão.

Primeiro comando a ser usado é o use, utilizado para selecionar o banco usado.

Método insert( ) para armazenar um documento contendo as chaves “name” e “idade”. As informações são armazenadas na estrutura, chave/valor, similar ao JSON.

No comando db.usuarios.insert, esse usuários corresponde a uma coleção, e ela não precisa de uma estrutura definida, podendo ser dinâmica caso haja necessidade. Podemos usar o comando abaixo sem alterar nenhum tipo de definição de estrutura que o insert irá funcionar normalmente.

Use o método find( ) para visualizar os documentos inseridos. Vamos buscar o que foi salvo na coleção usuarios:

Essa pesquisa também pode ser aprofundada, por exemplo pesquisando só quem está na cidade “Sapiranga”

E para sairmos do nosso shell basta executar o comando:

Para o início está de bom tamanho, até a próxima.

Instalando MongoDB Community Edition 4.0 no Ubuntu

O que é MongoDB

O MongoDB é um banco de dados NoSQL orientado a documentos de alto desempenho (sistema noSQL significa que ele não fornece tabelas, linhas, etc.). Ele armazena dados em documentos semelhantes a JSON com esquemas dinâmicos para melhor desempenho.

Adicionando repositórios

Para instalar MongoDB Community Edition no Ubuntu, precisamos primeiro importar a chave pública usada pelo gerenciador de pacotes.

No Ubuntu 18.04

No Ubuntu 16.04

No Ubuntu 14.04

Instalando o pacote

Habilitando e iniciando serviço

E pronto já podemos usar no mongo, lembrando que é necessário liberar a porta 27017 no firewall caso o mesmo esteja habilitado. Nos próximos posts falaremos um pouco mais sobre o mongo.