Utilizando o Crontab

Comando Função
crontab -e Edita o crontab atual do usuário
crontab -l Exibe o atual conteúdo do crontab do usuário
crontab -r Remove o crontab do usuário

A linha é dividida em 6 campos separados por tabs ou espaço:

Campo Função
1o. Minuto
2o. Hora
3o. Dia do mês
4o. Mês
5o. Dia da semana
6o. Programa para execução
Campo Valores
Minuto 0-59
Hora 0-23
Dia do mês 1-31
Mês 1-12
Dia da semana 0-6 (o “0″ é domingo), 1 é segunda, etc.


Fonte:

Atalhos úteis para a linha de comando

Atalho Ação
Ctrl+A move o cursor para o começo da linha
Ctrl+E move o cursor para o fim da linha
Alt+F move o cursor para o fim da próxima palavra
Alt+B move o cursor para o começo da palavra anterior
Ctrl+T troca os dois últimos caracteres de posição, por exemplos “sl” se torna “ls”
Alt+T troca as duas últimas palavras de posição, por exemplo “list cat” se torna “cat list”
Ctrl+U corta o texto do começo da linha até o começo da palavra antes do cursor
Ctrl+W corta apenas a palavra antes do cursor
Ctrl+K cut the text of the current command after the cursor.
Ctrl+Y cola o texto cortado anteriormente após o cursor. Este
recurso é útil quando você acabou de digitar um comando
longo e concluiu que esqueceu de fazer algo antes
Alt+U converte para maiúsculas próxima palavra
Alt+L converte para minúsculas a próxima palavra
Alt+C converte para maiúsculas a primeira letra da próxima palavra
Ctrl+L limpa a tela, deixando a linha corrente no topo
Ctrl+_ undo (incremental).

Fonte:

netstat -putona – Um comando para monitorar as conexões de rede

Onde os parâmetros significam:

p Mostra as conexões para o protocolo especificado pelo TCP ou UDP
u Lista todas as portas UDP
t Lista portas em TCP
o Exibe temporizadores
n Exibe o número da porta
a Exibe todas as conexões do sistema ativo

Por exemplo, para saber que processo ocupa a porta 1521 pode utilizar:

[shell]netstat -putona | grep :1521[/shell]

Fonte:

Configurando troca de senha de usuário no próximo login

Para isso, utilizaremos o comando chage. Antes, listamos as propriedades de login deste usuário:

Exemplo:

Como podemos visualizar, a senha deste usuário “nunca expira”. Então, forçaremos a expiração de senha para o próximo login que este usuário venha fazer, executando o comando a seguir:

Fonte: http://www.vivaolinux.com.br/dica/Configurando-troca-de-senha-de-usuario-no-proximo-login

Desligar ou reiniciar o computador com hora marcada

Para programar o computador para desligar em um certo horário, basta como root usar o seguinte comando:

# shutdown -h hh:mm

Sendo que hh são as horas no formato de 24 horas e mm são os minutos.

Outra maneira para programar o desligamento do seu pc é usar o seguinte comando:

# shutdown -h +m

Sendo que m é o número de minutos que você deseja até o computador desligar.

Ex:

# shutdown -h +300

Significa que o computador desligará daqui a 300 minutos.

Depois de executar um desses comandos começará uma contagem regressiva no seu terminal. Da mesma maneira podemos utilizar esses dois modelos para reiniciar o computador. A diferença é que em vez de passar o parâmetro -h, passaremos o parâmetro -r. Ficaria assim:

# shutdown -r hh:mm
ou
# shutdown -r +m

Fonte

Mudando o nome da placa de rede

Semana passada me deparei com a seguinte situação, tinha um servidor com  duas placas de rede , eth0 e eth1 , só que a placa de rede eth0 deu pau e foi trocada, porem, quando foi instalada a nova placa o servidor reconheceu como eth2 .

Para resolver essa situação faça o seguinte:

Com o usuário root edite o arquivo:
#vi /etc/udev/rules.d/70-persistent-net.rules

Apague as linhas:

Salva, saia e reinicie !

Suas placas voltarão novamente eth0 e eth1. [E.M.B]

Fonte

Rarcrack – Quebrando senhas de arquivos rar, 7z e zip

Ontem fiz download de um arquivo RAR e para minha surpresa o mesmo estava com senha. Antes de procurar outros links resolvi tentar quebrar a senha deste arquivo mesmo, e buscando uma solução no Google eis que acho o rarcrack, um brute force para arquivos .rar, .zip e 7-zip.

Faça download do arquivo em:

Feito o download, como root, navegue até a pasta onde salvou o arquivo e faça:

# tar -xjf rarcrack-VERSAO.tar.bz2
# cd rarcrack-VERSAO

Você precisará do gcc ou outro compilador C:

# make
# make install

Pronto, instalado.

Para usar o rarcrack:

# rarcrack –type *rar nomedoarquivo.rar

* o type fica a seu critério, dependendo do seu arquivo compactado.

Obs.: Infelizmente acabei não lembrando de cronometrar o processo. Mas após 30~45min o arquivo já estava extraído.

Fonte

Verificar máquinas ligadas com shell script

Estava interessado em criar uma forma de scannear a rede para saber quantos micros estavam conectados a ela, saber nome, grupo, MAC ADDRESS.

Para que o script funcione será preciso instalar alguns softwares:

dialog:

# apt-get install dialog

nmap:

# apt-get install nmap

Copie o código e cole em um arquivo texto e salve com um nome de sua preferência, de permissão para executar (chmod +x nome_do_arquivo.sh) e em seguida execute-o (./nome_do_arquivo.sh):

## FIM ##

Fonte: http://www.vivaolinux.com.br/dica/Ipscan-com-shell-script+dialog+nmap